sexta-feira, 1 de julho de 2011

Abordagem crítica e construtiva da avaliação da aprendizagem.

Esdras do Nascimento Ribeiro.

Segundo a visão de Cipriano Luckesi a respeito da avaliação da aprendizagem nas escolas brasileiras, ainda praticamos exames escolares ao invés de avaliação da aprendizagem. A seguir, relacionarei as características relevantes ao ato de examinar e ao ato de avaliar para que possamos ver de forma mais nítida que tipo de abordagem avaliativa praticamos em nossa sala de aula.
Os exames escolares apresentam as seguintes características:
1°- Objetiva julgar, consequentemente resulta em aprovação ou reprovação do aluno;
2°- Pontuais, na medida em que o estudante deve saber respondar às questões, aqui e agora, não importando seu teve dificuldade ou dúvida, não importando a possibilidade de futuramente poder aprender;
3°- São classificatórios, pois estabelecem uma escala de valores favoráveis e não favor´´aveis;
4°- Tornam-se seletivos na medidade em que excluem os estudantes considerados não aceitáveis;
5°- Classificam o estudante em um determinado nível de aprendizagem, considerando-o definitivo, dessa forma, consequentemente são estáticos;
6°- Configuram-se antidemocráticos, uma vez que a exclusão de alunos é inevitável neste contexto;
7°- Possui uma prática pedagógica autoritária na medida em que o educador usa da avaliação como instrumento de poder;
Em oposição aos exames a avaliação da aprendizagem apresenta as seguintes características:
1°- Objetiva diagnosticar a situação de aprendizagem em que se encontra o educando, tendo em vista encontrar meios para melhoria da qualidade do desempenho;
2°- É diagnóstica e processual, na medida em que acredita que avaliação opera com resultados provisórios, que podem ser melhorados e sucessivos;
3°- Apresenta-se dinâmica, ou seja, não classifica o aluno em nível de aprendizagem definitivo;
4°- É inclusiva, pois não seleciona, mas procura meios para que todos possam aprender;
5°- Democrática;
6°- Exige uma prática pedagógica dialógica onde educadores e educandos pactuam por um trabalho construtivo entre todos os sujeitos da prática educativa, cabendo essencialmente uma interação permanente entre educador e educando;
Ao compararmos as características de ambas as abordagens da avaliação,começamos a identificar de forma mais clara que tipo de abordagem avaliativa está sendo praticada em nossas escolas. No entanto, é preciso considerar que o trabalho de avaliação nos serve de uma abordagem complexa da realidade, o que implica em dizer que a má qualidade de ensino dificuldade a execução do papel do educador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário